5 passos para criar uma estratégia de UX

Photo by Mark Fletcher-Brown on Unsplash

Ter uma estratégia de negócios sólida é um dos pilares para o sucesso. Aliás, essa afirmação transborda o âmbito do empreendedorismo, e até mesmo detalhes técnicos como o UX design precisam de uma estratégia concreta para ser eficiente.

No momento de desenvolver um produto digital, seja um aplicativo ou um site, a estratégia de UX é um diferencial. Sem recursos para o usuário poder utilizar seu produto com tranquilidade, seu produto vai acabar esquecido nas profundezas das buscas do Google. De fato, o Google está bem atento a usabilidade, tanto que aumentou o peso dessa métrica para o SEO.

Vamos agora aprender sobre estratégia de user experience.

O que é uma estratégia de UX?

Em um artigo publicado no Medium em 2015, Jamie Levy, especialista em estratégia de UX, afirmou que o desenvolvimento de uma estratégia de UX é o primeiro passo em qualquer projeto. Para a autora, o produto digital deve passar por uma validação antes mesmo de ser desenvolvido.

Nesse sentido, a estratégia é embasada em dados coletados do mercado, os quais garantem um “acerto em cheio” para a experiência do usuário. Estava pensando que era só escolher o mais bonitinho e sair desenvolvendo? O trabalho de UX é muito mais profundo do que isso!

Passos para melhorar a experiência dos clientes

5 passos para você mesmo montar a sua estratégia.

1. Pesquisar para aprimorar

A melhor forma de começar uma estratégia de user experience é realizando pesquisas. Mas o que você precisa pesquisar exatamente? A resposta é: tudo o que estiver relacionado ao seu produto.

Para realizar uma pesquisa robusta, é preciso dar uma olhada nos concorrentes. Separe todos os produtos similares ao seu e foque em ler os comentários do produto. Lembre-se que o importante é agradar o usuário e, como objetivo final, tornar sua experiência incrível.

Se o seu produto for inovador e não tiver nenhum outro parecido no mercado, você pode elaborar alguns questionários para coletar informação do mercado. Tome cuidado com essa abordagem!

2. Rascunhe modelos promissores

Com os dados que sua empresa coletou do mercado, é hora de colocar a mão na massa e desenvolver alguns esquemas do produto. O ideal, neste momento, é que todas as ideias surjam com base nos dados coletados, pois eles são fundamentais para um projeto certeiro e com boa aceitação.

Use técnicas de brainstorming com sua equipe para aumentar a quantidade de possíveis produtos. Além disso, busque desenhar toda a trajetória do usuário pelo seu produto, focando sempre em engajamento.

Este processo é bem trabalhoso, mas também uma parte crucial para sua estratégia de UX. Quando feito corretamente, os resultados são impressionantes.

3. Teste seu produto

Testar seu produto é a melhor forma de avaliar se o trabalho anterior foi feito corretamente. De fato, o teste é tão importante que é muito comum existirem várias versões beta de um mesmo site. Esse esforço é necessário para tornar seu produto agradável para os usuários.

Nesta etapa, você e sua equipe devem prezar pela trajetória do usuário, assim como coletar métricas importantes de UX. Além disso, permitir que os usuários reportem bugs é uma excelente maneira de melhorar ainda mais seu produto. Outra forma de melhorar é por testes A/B, os quais permitem testar mudanças sutis de usabilidade.

4. Colete métricas importantes

Dados, por si só, não significam nada: há necessidade de transformá-los em conhecimento e, em seguida, em aperfeiçoamento. É justamente isso que você vai fazer nesta etapa.

Após realizar testes com seu produto, certamente seu banco de dados estará lotado de informações valiosas sobre o comportamento dos usuários. Por que não explorar essas informações, não é mesmo? Uma ideia de análise é comparar páginas com alto engajamento e páginas “rejeitadas” pelos usuários.

Quais cores são predominantes nas páginas com alto engajamento? Como os ícones estão posicionados? Quais palavras foram utilizadas nas imagens da página? Essas e outras perguntas vão permitir uma melhora significante para a UX de seu produto.

5. Continue aperfeiçoando

Alguns empreendedores acreditam que após terminar seu produto, seja um site ou aplicativo de celular, ele vai ser eficiente para sempre. Bem, se você é uma dessas pessoas, lamentamos informar que isso é um erro grave.

O comportamento do consumidor, assim como todas as componentes do mercado, está sempre mudando. Dessa forma, um design que funciona hoje pode não dar certo amanhã, e por isso o aperfeiçoamento continuado é o melhor caminho para seu negócio.

Está com problemas para definir sua estratégia de UX? Deixa que a equipe da Homem Máquina te ajuda. Clique aqui e vamos conversar (:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina