Aprenda como montar uma árvore de decisão

Em muitos momentos dentro de uma empresa, saber o caminho certo a seguir é um grande desafio; e alguns métodos podem ser aplicados para ajudar nessas horas. Um desses métodos é a famosa decision tree, também conhecido como árvore de decisão.

Para a infelicidade dos gestores de uma empresa, não é possível prever o futuro de uma decisão. Porém, uma forma de contornar esse problema é justamente projetando os possíveis desfechos da história.

Além disso, a tomada de decisão usando o método de árvore traz um benefício muito interessante: é possível fazer estimativas por meio de estatísticas, o que aumenta as chances do projeto dar certo.

Gostou da ideia? Vamos estudar mais a fundo esse método poderoso de tomada de decisão!

O que é Árvore de Decisão?

Em suma, a árvore de decisão é um método para ajudar no processo decisório dentro da empresa. Seu formato é intuitivo e lembra bastante um “mapa” com ramificações de opções e consequências.

Dessa forma, é possível comparar e estimar o retorno de cada decisão dentro da organização, dando uma visão geral acerca do cenário futuro. Sua aplicação é vasta: pode servir como um guia em conversas ou um modelo matemático para previsão.

Saber como uma árvore de decisão funciona é vital para montá-la corretamente. Inicialmente, temos apenas um nó, que é nosso ponto de partida. A partir dele, outros nós são desenhados como possíveis resultados do primeiro. Esse algoritmo se desenrola até que todas as alternativas sejam esgotadas.

Existe também um sistema de notação importante. Uma bolinha em uma árvore de decisão indica uma chance de ocorrência; um quadrado, por outro lado, indica um ponto de escolha; por fim, um triângulo indica que o processo chegou ao fim.

Ficou um pouco perdido? Calma, nós vamos explicar passo a passo como montar uma árvore de decisão.

Como montar uma árvore de decisão?

Montar uma árvore de tomada de decisão é uma tarefa simples, mas que pode ser um desafio para quem ainda não tem prática.

Veja o passo a passo para montar sua decision tree:

    1. Inicie desenhando um quadradinho. Ele representa uma tomada de decisão inicial, ou seja, a sua escolha de iniciar o projeto. Em seguida, faça uma linha para cada caminho possível a partir da decisão inicial. No meio ou próximo a cada linha, escreva qual é o caminho escolhido. O método tradicional é fazer toda a árvore na horizontal, mas fique à vontade para fazer na vertical.
    2. Agora que você já desenhou os caminhos possíveis, vamos trabalhar nas probabilidades. Faça uma bolinha na extremidade de cada linha que foi desenhada antes. Em seguida, trace novas linhas a partir dessas bolinhas. Cada linha representa uma probabilidade e sua ocorrência. Caso não seja uma probabilidade e sim uma decisão, desenhe um quadradinho. Vamos manter a probabilidade neste exemplo.
    3. Chegamos ao fim de nosso processo de montagem, e finalmente desenharemos os triângulos nas extremidades de cada linha. Cada triângulo deve estar associado a um valor, seja ele abstrato ou palpável.

Veja na figura abaixo como ela deve ficar:

Vamos a um exemplo para concretizar o novo conhecimento. Tente fazer um diagrama você mesmo e, em seguida, compare com o nosso!

Exemplo de Decision Tree

A empresa Quantum Digital está com um processo decisório importante, onde conta com 2 opções:

    1. Investir 40k em Marketing Digital, com 70% de chance de retorno próximo a 80k, mas 30% de retorno abaixo de 50k.
    2. Desenvolver um novo produto investindo 100k, tendo 90% de receber 130k, mas 10% de receber apenas 105k.

Nossa árvore de tomada de decisão ficou como se segue:

 

Temos nossa árvore de decisão. E agora?

Agora que vem o ápice do método: podemos calcular valores esperados e determinar qual a melhor decisão!

  • Marketing Digital: Valor esperado = 70%80k + 30%50k – 40k = 31k.
  • Novo Produto: Valor esperado = 90%130k + 10%105k – 100k = 27,5k.

A melhor alternativa para a empresa Quantum Digital, com base em nosso modelo matemático, é investir em Marketing Digital.

Conclusão

Montar uma árvore de decisão com certeza é uma ótima opção quando se precisa decidir qual caminho seguir. Ao fazer isso, é possível ter uma ideia quantitativa do impacto da decisão pelo cálculo do valor esperado do ramo em questão.

No entanto, quanto mais opções aparecem no horizonte, mais complicado é montar a árvore de decisão. Além disso, saber como estimar o valor de retorno esperado pode ser um desafio e tanto.Para que essa tarefa seja executada com maestria, o ideal é contar com uma equipe de profissionais experientes como a da Homem Máquina.

Entre em contato conosco para falar sobre seu projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina