Metodologias ágeis no desenvolvimento de produtos digitais

Nós estamos sempre falando de metodologias ágeis e formas de aplicá-las dentro do seu trabalho, certo? Mas nunca falamos do conceito em si. Hoje vamos te ajudar a entender o que são essas metodologias, quais são as mais utilizadas no mercado e como escolher a melhor para o seu projeto!

O que são metodologias ágeis?

As metodologias ágeis são uma alternativa às formas tradicionais de gestão de projetos, que consistem em um conjunto de práticas que proporcionam um gerenciamento de tarefas mais adaptável às possíveis mudanças. Estruturadas em ciclos curtos que fornecem entregas seguidas de feedbacks rápidos, promovem uma atualização constante da equipe com o objetivo do projeto e andamento do mesmo.

Aqui, partimos do pressuposto que a equipe envolvida nos projetos que têm uma metodologia ágil como ponto de partida são times pequenos e autogerenciáveis, com um perfil especialista, multidisciplinar e que está em constante contato um com o outro. O esforço desta equipe deve ser sempre voltado para a apresentação de soluções inteligentes, de alta qualidade e alto valor agregado.

E quais são as vantagens de usar esse método?

Além de um projeto em constante adaptação, com respostas rápidas e soluções mais inovadoras, as metodologias ágeis proporcionam mais flexibilidade para o modelo de trabalho e maior integração das equipes envolvidas, diminuindo a necessidade de recursos alternativos e atrasos na hora de entregar um projeto.

Quais são as principais metodologias ágeis

Todas as metodologias ágeis se baseiam em quatro pontos fundamentais: comunicação, praticidade, alinhamento e adaptabilidade. Hoje falaremos dos quatro principais métodos e quais os melhores cenários para eles serem aplicados.

  • Scrum

Um dos métodos mais populares, é muito comum que as pessoas confundam o conceito de metodologia ágil com o método de Scrum em si. Esse método dá espaço para a incerteza e a criatividade, abrindo as portas para o aprendizado em equipe.

Usado para a gestão e desenvolvimento de projetos que tenham prazo curto de entrega, o Scrum prega a criação de soluções inovadoras dentro do ambiente de desenvolvimento, funcionando com intervalos chamados sprints (que são os ciclos de projetos) para desenvolver cada etapa, que, ao fim, é revisada para sua validação. Após a validação da etapa, a equipe recomeça com o s ciclos.

  • Smart

Derivado de uma abreviação de cinco critérios, essa metodologia trabalha com metas objetivas que pode ser aplicada em qualquer contexto.

S (specific), de especificidade da meta, ou clareza dela, para evitar que qualquer interpretação seja equivocada;

M (measurable), de mensuração, para que a sua meta seja mensurável e possamos provar a sua eficiência;

A (attainable), de alcançável, já que esta metodologia prega metas realistas e entende os limites daquilo que queremos atingir;

R (revelant), de relevância, determinando que apenas metas relevantes para o resultado final serão seguidas;

T (time-related), de temporal, para determinar o prazo para o limite de entrega da meta.

  • Lean 

Muito famoso entre as startups, o método Lean é o ideal para projetos reduzidos em tempo, recursos e equipe, com o foco principal voltado para identificar e eliminar os desperdícios dentro de um projeto ou até mesmo dentro de uma organização. O método acontece em três etapas: construir, medir e aprender.

Seu nome já diz tudo: Lean significa enxuto, e é dedicado para aumentar a produtividade dentro de equipes e empresas.

  • Kanban

Para quem adora check-lists e listas de tarefas, esse é o método perfeito. O Kanban é um dos métodos mais utilizados por sua simplicidade e eficiência, mas também por ser uma forma de gestão de projetos que pode ser adaptado para qualquer tipo de negócio.

O Kanban busca sempre a evolução dentro dos projetos, sendo dividido em três etapas:

    1. To-do (o que precisa ser realizado);
    2. Doing (o que está sendo feito);
    3. Done (o que foi feito, avaliado e aprovado pela equipe).

Qual é a melhor para o meu projeto?

Primeiro, para se determinar qual a melhor metodologia de design a ser usada, faça uma análise SWOT (ou FOFA, em bom português). Nela identificamos gargalos, pontos problemáticos e as oportunidades de melhoria dentro do projeto para então definir o seu plano de ação.

Você precisa de ajuda para implementar metodologias ágeis na sua empresa? Fale com o nosso time de especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina