O que é o ROI: entenda como calcular o retorno financeiro de seu design

Atualmente podemos usar diversas métricas para calcular e mostrar informações de uma empresa. Podemos usar essas métricas para calcular o faturamento da companhia, o desempenho do marketing e até mesmo saber quanto do investimento está dando um retorno real. Todas essas métricas são muito importantes, assim como as informações que elas fornecem, sendo extremamente úteis para a tomada de decisões e para o dia a dia da empresa.

Uma das métricas mais usadas dentro de uma empresa é o ROI. O Return on Investment mostra o quanto uma empresa realmente ganha com um investimento. A métrica que possui diversas utilizações, também pode ser extremamente útil para medir o retorno de investimentos em projetos de design, e o melhor é que ela pode ser calculada em quatro etapas e pode trazer informações muito importantes para a empresa e para seu faturamento, conforme vamos mostrar a seguir.

Antes de tudo, é necessário entender o que é o ROI

O ROI, como citamos anteriormente, é a sigla para se referir a métrica que mostra o quanto de retorno determinado investimento significou para a empresa. Na prática, essa métrica é usada para mostrar o quanto uma empresa está ganhando ou perdendo em diferentes segmentos, como por exemplo com o design.

Com os dados fornecidos por essa métrica é possível reformular as estratégias dentro da empresa, vendo o que mais “vale a pena” investir e o que precisa ser melhorado. Embora muita gente foque apenas em marketing de uma forma geral ao usar essa métrica, alterações de design, como de uma interface, podem impactar muito para os resultados financeiros de uma empresa, sendo extremamente necessário calcular o ROI de design.

Entenda como as alterações de design podem afetar o ROI

Um design pode desencadear diferentes comportamentos e percepções de diferentes clientes. Quando um design é desenvolvido com foco na experiência de seus usuários, como por exemplo o UX Design, os retornos financeiros tendem a ser maiores. Isso porque ele é projetado especialmente para que o usuário tenha uma percepção positiva, de acordo com o comportamento do usuário.

Quando um design é alterado, como por exemplo a atualização da interface de um sistema, essa alteração pode não ser muito bem aceita pelo usuário e consequentemente não resultar em uma boa experiência. Isso impacta diretamente no retorno financeiro dessa atualização, que foi um investimento, e muitas vezes esse impacto negativo não é tão perceptível, e pode passar despercebido.

Na hora do planejamento e desenvolvimento de um design, um dos focos tende a ser a rentabilidade daquele design para a empresa, ou seja, como ele deve ser desenvolvido para que dê um retorno financeiro positivo. Um estudo mundial que acompanhou 300 empresas por mais de cinco anos avaliou o retorno de um bom design: o estudo mostrou que os bons designs aumentam (e praticamente duplicam) o retorno financeiro em relação a um design que não fosse tão bem estruturado. Por isso, ao desenvolver um design, ou a alteração dele, é extremamente importante calcular se o retorno foi realmente positivo, através do cálculo do ROI.

Como calcular o ROI de design dentro de uma empresa

O cálculo do ROI de design pode parecer complexo para algumas empresas, mas ele pode ser simplificado ao ser dividido em quatro etapas:

Coletar uma métrica de UX em um estudo de Benchmarking

A primeira etapa pode ser usada no cálculo de um projeto, recurso ou produto, e consiste na coleta de métricas relacionadas com a experiência do usuário, pensando em como demonstrar uma melhoria na experiência. As principais métricas usadas são:

  • Pesquisas ou questionários distribuídos ainda durante o teste, por exemplo avaliando o nível de satisfação ou de facilidade de uso;
  • Teste de usabilidade quantitativo, avaliando por exemplo qual o tempo empregado para executar uma tarefa e qual a taxa de erro nessa execução;
  • Suporte para os usuários, como ao avaliar o número de reclamações dos usuários.

Escolher um KPI

A segunda etapa consiste na escolha de um KPI para traduzir a métrica analisada, de acordo com o público alvo de apresentação da métrica. Por exemplo, para apresentar os dados coletados com a métrica para um cliente você deverá escolher um KPI diferente do escolhido para apresentar para uma equipe de desenvolvimento. O KPI escolhido pode ser em relação ao:

  • Lucro;
  • Custo;
  • Produtividade do funcionário.

Converter a métrica UX em KPI

Após escolher uma métrica e para qual KPI ela será traduzida, é necessário realizar essa “tradução”. Essa conversão de unidades depende da métrica e do KPI escolhidos e a complexidade varia de acordo com essas escolhas. Por exemplo, uma conversão simples seria converter a métrica de horas gastas para desempenhar uma tarefa em produtividade do funcionário. É importante não só calcular essa conversão, mas também relatá-la com responsabilidade, para que ela possa de fato representar algo para a empresa, pois esses dados não são projeções financeiras e devem ser expressos com clareza e transparência.

Por onde começar a medir o ROI de design de sua empresa

O cálculo do ROI é extremamente importante para uma empresa, e pode ser iniciado com um pequeno projeto, que pode ser expandido posteriormente. O cálculo deve ser feito de acordo com a rotina e objetivos da empresa, com base em tentativa e erro.

Embora em alguns casos o ROI seja simples de ser calculado, em outros casos esse cálculo é complexo e pode ser necessário várias tentativas para que os dados sejam usados da melhor maneira. Se após o cálculo do ROI de seu design você notar que precisa de melhorias, o ideal é procurar por especialistas na área, principalmente quando pensamos na experiência do usuário.

Atualmente, a Homem Máquina atua com projetos voltados para a experiência do usuário, desenvolvendo projetos personalizados para as empresas e melhorando o ROI de design. Acesse a página da Homem Máquina e conheça mais sobre como a experiência do usuário pode fazer toda a diferença para a sua empresa e para seus investimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina