White Label: como esse modelo de negócio pode mudar a sua empresa

Você já ouviu falar no termo “White Label”? Esse modelo de negócio vem ganhando muito destaque na parte da estrutura organizacional dentro das empresas, podendo ser aplicado em todos os departamentos. Entender como esse modelo de negócio funciona pode representar um grande diferencial, além de levar a um aumento considerável nos lucros da empresa.

Mas afinal, o que é o White Label?

O White Label é o termo usado para se referir a um modelo de negócio onde uma empresa cria um tipo de tecnologia para que outras empresas possam revender mas sem o uso de direitos autorais, podendo ser confundida até mesmo com uma franquia ou terceirização, mas na prática funciona de forma mais complexa.

Por exemplo, se a sua empresa precisa lançar um novo produto no mercado, é necessário que diversas coisas sejam feitas antes, como a pesquisa de mercado, e nem sempre a desenvolvedora do produto consegue realizar esse serviço. Nesse contexto, o White Label surge como uma solução: a empresa desenvolvedora contrata uma segunda, com tecnologia para realizar os processos necessários para lançar esse novo produto.

De onde surgiu a expressão White Label

A expressão que hoje é usada em todos os modelos de negócio surgiu na área musical. No início da década de 2000, era comum que, para uma determinada música fazer sucesso, fosse necessário que outros DJs fizessem remixes dessas músicas, assim elas teriam boa repercussão nas rádios (que era a principal forma de divulgação musical na época).

Assim, os DJs recebiam as músicas de diversos artistas e poderiam remixar do jeito que quisessem, de acordo com o seu estilo, tendo uma espécie de “White Label” (como uma “carta branca”). Na internet, no começo da década de 2001, havia um e-commerce que emprestava o seu telefone para outras empresas usarem e venderem seus produtos, dessa forma implementando o White Label em outros ramos além da música.

Quais os benefícios desse modelo

O modelo de White Label é diferente de uma franquia ou terceirização, isso porque apresenta diversos benefícios em relação a outros modelos de negócio. Os principais benefícios de se implementar essa forma de negócio é:

  • Um profissional especializado vai desenvolver o que você precisa

Nesse modelo de negócio, a empresa contratante recebe o serviço que precisa, mas desenvolvido por um profissional. Por exemplo, supondo que sua empresa precise de uma tecnologia específica para armazenar seus dados na nuvem, mas você não possui uma equipe para criar isso. Uma opção é contratar uma empresa que é especializada nesse tipo de armazenamento e passar a usar o armazenamento em nuvem dessa empresa, algo que foi criado por profissionais especializados naquele serviço, o que traz a garantia de qualidade.

  • Sua empresa pode focar em outras coisas, como na captação de novos clientes

Se a sua empresa se ocupar criando novas tecnologias que não são de sua área, como a criação de um armazenamento em nuvem como no exemplo anterior, você pode acabar desfalcado em outras áreas, como na captação de novos clientes. Com esse modelo de negócio você deixa uma determinada função nas mãos de especialistas e pode focar em coisas internas da sua empresa.

  • Previsibilidade do orçamento final

O produto ou tecnologia final será desenvolvido por um especialista e dessa forma será possível ter uma noção de quanto será o orçamento final, evitando assim surpresas finais no orçamento da empresa.

  • Menor risco de problemas técnicos

Uma das principais vantagens desse modelo de negócio é o fato de que o produto é idealizado e desenvolvido por um especialista, dessa forma ele será o responsável por evitar problemas técnicos e propor soluções caso isso ocorra. Dessa forma a empresa contratante não precisa se preocupar com problemas técnicos recorrentes, pois sabe que tem a sua disposição um suporte técnico especializado naquilo.

  •  Maior rapidez no desenvolvimento de produtos

Se no momento de desenvolver um produto você já possuir toda a base de serviços já desenvolvida (por um especialista com a mínima chance de problemas técnicos) sua empresa pode entregar o produto ou serviço de forma mais rápida para o mercado. Isso porque ela não precisa se preocupar com o desenvolvimento de tecnologias para desenvolver o seu produto.

White Label versus franquia

Ao ler sobre o White Label é comum as pessoas associarem, e até mesmo confundirem, com um modelo de franquia, afinal a empresa contratante faz uso do serviço que lhe convém. No entanto, esses dois modelos de negócio não são iguais e, para facilitar a visualização, podemos destacar as principais diferenças entre eles.

  • Menor uso de recursos financeiros e maior liberdade

O White Label é uma opção com maior liberdade financeira e de uso para a empresa contratante. Com essa forma de negócio, não há uma meta de vendas a ser cumprida ou, então, uma participação da empresa desenvolvedora nos lucros da empresa contratante, como ocorre no caso das franquias.

  • Flexibilidade do uso do produto ou serviço

Com o White Label a empresa tem maior flexibilidade no uso do serviço contratado, pois ela pode usar o serviço da forma que quiser, diferentemente de uma franquia onde é necessário seguir todas as orientações da matriz e não há tanta flexibilidade para adaptar e deixar personalizado de acordo com a finalidade da empresa contratante.

  • Menor burocracia para o processo de aquisição

Ao adquirir uma franquia, o contratante precisa lidar com uma imensa parte burocrática, seguindo todas as cláusulas do contrato proposto pela franquia, enquanto com o White Label a burocracia de aquisição é muito menor, o que torna o processo de contratação muito mais simples e rápido.

A escolha entre a franquia ou White Label depende da necessidade da empresa naquele momento, sendo necessário avaliar os prós e contras para cada situação específica. Independente da análise, podemos considerar que o modelo de negócio White Label é uma ótima solução para empresas, tanto para as que contratam quanto para as que oferecem  seus serviços e tecnologias. A dica é sempre procurar por empresas que já trabalham com esse tipo de negócio e sejam especializadas na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina