Invista na usabilidade em sistemas web

Seja para os softwares utilizados ou para o site da empresa, a usabilidade reduz custos com o treinamento da equipe e também otimiza o tempo gasto para realizar diversas tarefas. A usabilidade pode ser definida como a qualidade de interação entre o usuário e o sistema, levando em consideração a facilidade de aprendizado, facilidade de memorização de uso, otimização do tempo gasto com o sistema, alta segurança, baixa taxa de erros durante a utilização e satisfação do usuário com o sistema.

Pensando na aplicação da usabilidade em um software, o objetivo de implementar um sistema dentro da empresa é otimizar as tarefas que são executadas pelo software, de forma funcional e intuitiva. Sendo assim, é importante que o software tenha a usabilidade em dia para que cumpra suas funções de otimização de tempo e aumento da produtividade.

O mesmo pensamento se aplica para o site da empresa. Uma boa usabilidade permite que o cliente interaja sem dificuldades com o site,  de forma que eles tenham mais facilidade para acessar as informações necessárias e fechar negócio, aumentando assim o fluxo de conversões do negócio.

Usabilidade em sistemas web

Os sistemas web estão mais propensos a enfrentar problemas com a usabilidade, como a velocidade de carregamento do site, problemas com o browser e até mesmo com a disposição de informações na página, dificultando a compreensão do usuário final.

Dentre os principais problemas que são encontrados, temos:

  • Desempenho inadequado de realização de tarefas: uma usabilidade ruim do sistema pode acarretar em problemas de execução de tarefas, como tarefas que demoram muito tempo para serem concluídas. Exemplo: se a página de checkout de um site demora muito para concluir o processo de compra, pode ser que o cliente desista de realizá-la.
  • Interferência na satisfação do usuário: mesmo que o sistema da web tenha alguns problemas que interfiram na usabilidade, se de maneira geral ele for efetivamente funcional, esses pequenos problemas de usabilidade são minimizados. Porém, por menor que sejam, essas questões podem ser levadas em consideração pelo cliente na hora de avaliar o negócio.
  • Objetivos do usuário não cumpridos: por melhor que seja a interface de um sistema web, se esse sistema não cumprir com os objetivos que se propõe, o usuário terá uma baixa satisfação, e o sistema não será útil.
  • Problemas de usabilidade previamente conhecidos: alguns problemas de usabilidade são tão comuns em sistemas web que já são previamente descritos para que possam ser evitados no momento do desenvolvimento do sistema. Essas recomendações são descritas com base na norma  ISO 9241.

Como melhorar a usabilidade em sistemas web

Após reconhecer os problemas do sistema, o próximo passo é melhorar a usabilidade e implementar ações que possam evitar problemas de usabilidade futuros. Confira nossas dicas:

  • Dialogar com o usuário: falar a linguagem do cliente é essencial, pois leva informações relevantes e de fácil entendimento até o usuário que podem melhorar a satisfação com o sistema. Na hora de desenvolver um sistema é importante pensar em como se comunicar com o usuário de forma efetiva e simples.
  • Manter uma linguagem clara, coesa e com foco no público-alvo: também é necessário que a linguagem seja não só alinhada com o cliente, mas direcionada para o público-alvo, mantendo um foco e clareza na mensagem passada.
  • Atalhos no sistema web: quanto mais rápida a interação do usuário com o sistema, mais funcional será a sua interação e maior a satisfação do usuário. Para otimizar o tempo de interação, uma estratégia comum é implementar atalhos dentro do sistema, para que o usuário possa encontrar o que busca de forma mais rápida. Um exemplo de como usar esses atalhos é já na página inicial do sistema possuir um botão para comprar o produto ou serviço.
  • Saídas marcadas de forma clara: o sistema deve ser intuitivo, e o usuário deve saber como sair de alguma página indesejada ou voltar para alguma etapa anterior do sistema de forma rápida e prática, sem se sentir perdido dentro do sistema.
  • Prevenção de erros do sistema: para evitar erros no sistema é necessário visualizar o sistema do ponto de vista do usuário. Com essa visualização é possível identificar possíveis erros durante os processos realizados dentro do sistema.
  • Aviso de erros: mesmo evitando erros no sistema, alguns pequenos erros podem acontecer durante a interação entre o usuário e o sistema. Quando esses erros ocorrem é necessário que o sistema informe para o usuário o que está acontecendo, para que ele possa resolver o erro. Por exemplo, se durante a finalização da compra o cliente se esqueça de informar todos os números de seu cartão, o sistema deve informar esse pequeno erro para o usuário, alertando que o erro está na quantidade de números digitados.
  • Feedback: assim como o aviso de erros, o sistema também deve dar feedbacks para o cliente, em tempo real, para que o usuário saiba o que está acontecendo. Por exemplo, se o sistema pede que o usuário anexe um documento, o sistema deve mostrar que esse documento está sendo processado, para que o usuário não se sinta perdido em relação aos procedimentos do site. Para saber mais sobre usabilidade, clique aqui. 

Para saber sobre os serviços de usabilidade da Homem Máquina, acesse nossa página e vamos conversar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar ×
Precisa de ajuda com seu site, sistema ou aplicativo?
Nós ajudamos negócios de todos os tamanhos com design, tecnologia e estratégia digital
Conheça melhor a Homem Máquina